Duplo Fantasia Heroíca Vol. 2

Duplo Fantasia Heroíca Vol. 2

Literatura , Fantasia

Autor: Christopher Kastensmidt
Código: DEV333069
Medidas: 9,00cm x 15,00cm
Peso: 0,290 kg
Qtd:     - OU -   Lista de Interesses
Comparar

A fantasia é o gênero literário que mais tem crescido no Brasil, nos últimos dez anos. Agora em um mesmo livro, duas novelas repletas de aventura e seres fabulosos, mas abrindo para esse gênero a paisagem e a cultura brasileiras. O livro dá continuidade a duas importantes séries de fantasia heroica com essas características: A Bandeira do Elefante e da Arara, de Christopher Kastensmidt — cuja primeira aventura foi indicada para o Prêmio Nebula 2011 —, e a Saga de Tajarê, de Roberto de Sousa Causo, iniciada com o livro A Sombra dos Homens (Devir, 2006). As histórias, é claro, podem ser lidas isoladamente.

Os Autores

Christopher Kastensmidt nasceu nos Estados Unidos, mas vive no Brasil há mais de dez anos, residindo hoje na cidade de Porto Alegre. Ainda adolescente, teve várias ocupações, antes de cursar a Rice University, em Houston, Texas. No Brasil, foi sócio da empresa Southlogic Studios, que mais tarde foi vendida para a Ubisoft Brazil, uma firma de videogames junto à qual Kastensmidt se tornou diretor criativo. Sua estréia literária se deu com a história “Daddy's Little Boy”, publicada na revista Deep Magic Nº 41, de outubro de 2005. Também já publicou na Dinamarca, Escócia, Grécia, Polônia e República Checa. “O Encontro Fortuito de Gerard van Oost e Oludara”, a primeira aventura da sua dupla de heróis apareceu na revista americana Realms of Fantasy (uma das mais importantes do gênero) de abril de 2010, como “The Fortuitous Meeting of Gerard van Oost and Oludara”. Kastensmidt chama a sua série de “A Bandeira do Elefante e da Arara”, ou “The Elephand and Macaw Banner”. A segunda história da serie tem o título de “The Parlous Battle of Gerard and Oludara against the Capelobo” e ainda está inédita.

Roberto de Sousa Causo é autor dos romances A Corrida do Rinoceronte (2006) e Anjo de Dor (2009), ambos pela Devir, e da novela Selva Brasil (2010). É também organizador das antologias Os Melhores Contos Brasileiros de Ficção Científica (2008) e Rumo à Fantasia (2009), entre outras. As primeiras aventuras de Tajarê foram publicadas na revista Dragão Brasil. Sobre a Saga de Tajarê, a revista CartaCapital disse: “Guardiões da Terra-Média e Guerreiros da Ciméria que se cuidem. Chegou um poderoso rival.”

Mais Informações
Páginas 128
Outros Formato: 9x15 cm; Número de páginas: 128.

Fazer um comentário

Seu Nome:


Seu Comentário: Obs: Não há suporte para o uso de tags HTML.

Avaliação: Ruim           Bom

Digite o código da imagem: